Balão Intragástrico

slider

Orientações

Dentre as recentes alternativas para o tratamento da obesidade, destaca-se o emprego do Balão Intragástrico. Apresenta, como grande vantagem, o fato de ser procedimento não cirúrgico, realizado em regime hospitalar, sob sedação, sendo método pouco invasivo e de baixo risco no controle efetivo e transitório da obesidade.

É uma prótese de silicone, semelhante a que as mulheres usam para aumentar os seios. Seu formato é esférico sendo colocado e insulfado dentro do estômago do paciente através de uma endoscopia.

O balão dentro do estômago causa uma sensação de plenitude (estômago cheio). O paciente sente-se satisfeito mais rapidamente quando se alimenta e passa a comer menos.

Quem pode usar a técnica do balão intragástrico?

Pacientes com IMC abaixo de 35 e que não respondem a tratamento clínico por mais de três anos ou ainda aqueles com IMC maior que 35 e que não condições de serem submetidos à cirurgia por risco elevado de outras doenças associadas.

Temos tido excelentes resultados em alguns pacientes que necessitam perder um excesso de peso antes da realização de cirurgias plásticas como abdominoplastias ou lipoaspirações e lipoesculturas com a colocação do Balão Intra Gástrico. Estes pacientes atingem uma perda de peso mais rápida e tem um melhor resultado estético em sua cirurgia plástica.

Quanto tempo posso ficar com o balão?

Após colocado o balão, ele deve ser retirado em 4 a 6 meses, também por via endoscópica, com instrumentos apropriados, pois é composto de material que pode sofrer degradação, tornando-se portanto método temporário para tratamento da obesidade.